CASAMENTO ECUMÊNICO

O noivo é da religião X e a noiva é da religião Y. E agora? Vamos de  Casamento Ecumênico!

Vai que a religião X é daquelas que não aceitam mesmo qualquer outra crença religiosa e a outra parte do casamento (noivo ou noiva) segue esta outra linha religiosa.

E o casamento é a vontade dos dois...



Então vamos nos concentrar nas soluções mais tranquilas para este impasse: o casamento ecumênico e o casamento inter-religioso.

Definição
Os gregos (sempre eles) tem a palavra oiko que significa casa e uma variação desta palavra gerou o nome ecumênico (uma tradução livre para conviver na mesma casa).

O culto e o casamento ecumênico é feito entre igrejas que são cristãs ao mesmo tempo em que o casamento inter-religioso é caracterizado entre igrejas cristãs e não-cristãs.

Quem cuida do casamento ecumênico no Brasil?

O braço forte que administra este tipo de cerimônia religiosa é o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, cuja sede fica em Brasília e tem como símbolo um barco.

O cinturão que forma esta união é formado pela Igreja Católica Apostólica Romana, a Igreja Cristã Reformada, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, a Igreja Metodista, Igreja do Nazareno, a Igreja Presbiteriana Unida do Brasil e a Igreja Católica Ortodoxa Siriana do Brasil.

Sendo cristão de uma destas vertentes, basta entrar em contato com a sua congregação e solicitar o ato ecumênico.

Nesse caso, os ministros de cada ordem (os padre ou o pastor/pastora) realizam o casamento ou a bênção matrimonial em união e sem encrencas.

Casamento inter-religioso

O procedimento é o mesmo, mas algumas religiões não são adeptos deste tipo de união, com um de seus seguidores com um membros de outra religião.


Mas quando o fazem, o local físico é geralmente neutro, como um salão ou uma chácara.

Nestes casamentos, o ideal é tentar respeitar os costumes das duas.

Algumas não comem carne de porco por motivos religiosos, então o bufê pode ser adaptado para servir peixe, por exemplo.

Bebidas alcoólicas algumas vezes também não são bem vistas, então cabe aos noivos e aos líderes religiosos como fazer o casamento sem que um costume agrida o do outro.

Observe os horários e as datas

Os Adventistas do Sétimo Dia tem restrições de dias da semana e por isso casamentos devem acontecer até uma quinta-feira.



Feriados religiosos, principalmente da igreja católica por ser esta a religião oficial do Brasil, podem atrapalhar também o desenvolvimento das festividades.

Casar na páscoa, por exemplo, é pedir também que muitos convidados não venham ás festividades.
Igrejas com rituais diferentes unidas pelo matrimônio.



Para um bom casamento sem nenhum problema vale a conversa entre todas as partes envolvidas, a negociação e a vontade (dos noivos e das congregações) de que tudo dê certo no final.

Contrate um Wedding Officiant


Comentários